Seguidores

segunda-feira, 26 de abril de 2010



Como te explicar?

... que te vi
na sombra do sono
estavas perto,
no íntimo da noite
tua presença
me puxou com doçura
e vi tua alma sem cilada,
iluminada, quente como o
calor do deserto que deseja
sugar todo líquido da flor perdida
como ninho de passarinho sem lugar
e eu sem amanhecer, procuro entender
essa completa desordem de sentidos
arranjados, revirados de mim
Sem conhecer te via
não sabia o que fazia
com tua perfeita melodia
que me faz companhia
quando estou perdida
durante o dia
aqui...

Dulcie

Um comentário:

  1. Adoro esse teu jeito de ser... intensa, doce, sensual!...

    Beijosss
    AL

    ResponderExcluir